LPM
LPM

Conheça o Movimento Greenk

13 de junho de 2018
Eu Faço

Onde você descarta seu e-lixo? 

Estamos destruindo nossa planeta. Isso é um fato. Porém não vamos reiterar os números e cenários catastróficos em que estamos inseridos. Chega de falar de coisa ruim, vamos falar de coisa boa! Nosso lema é focar no que está sendo feito de bom e em quem está preocupado em fazer algo. Por isso vamos falar sobre o Movimento Greenk.

O que é o movimento?

O nome veio da junção das palavras ‘geek’ + ‘green’. Sendo que o significado delas, vai além do literal. Nesse contexto, “Geek” significa apaixonados por tecnologia, computadores, smartphones, games, aplicativos, séries, desenhos, apps e todo tipo de novidades da cultura pop.  E “green” tem seu sentido ainda mais amplo do que o “verde”, em inglês, a palavra representa a atitude positiva e ativa de quem se preocupa com o meio ambiente e o futuro do nosso planeta.

A união das palavras reflete o ideal em que o movimento foi concebido. Ou seja, o amor pela tecnologia e pelo meio ambiente. O principal objetivo do projeto é a conscientização sobre a importância do descarte correto do lixo eletrônico.  

Eventos

Desde 2017 que o movimento realiza eventos, chamados “Greenk Tech Show”, com campeonatos de games, palestras com influenciadores e representantes de startups, concurso cosplay e muito mais.

Greenk Tech Show 2017

Nos eventos houve a coleta de e-lixo, como é chamado o lixo eletrônico. Em 2017  foram coletadas quase 3 toneladas. Para 2018 foram ousados e colocaram a meta para 10 toneladas. Entretanto, foi arrecadado, surpreendentemente, mais de 77 toneladas.

Greenk Tech Show 2018

Coletores Públicos

Contudo, não é apenas nos eventos que há a coleta. Em São Paulo estão sendo instalados coletores públicos de e-lixo. O projeto é desenvolvido pelo governo de Mônaco e pelo Movimento Greenk, em parceria com a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente para incentivar o descarte ambientalmente correto de materiais eletrônicos.

Já foram instalados quatro coletores, nos parques Trianon, Ibirapuera, Mário Covas e Parque Novo. Em breve serão instalados em mais dez endereços  No site do Greenk também foram listados inúmeros outros pontos espalhados por toda a cidade em que pode ser feita a coleta.

Ponto Ibirapuera

Mas… Para onde vai esse material?

Os coletores recebem diversos tipos de lixo eletrônico. Computadores (notebooks e CPUs), impressoras, celulares, tablets, monitores, acessórios, cabos e equipamentos eletroeletrônicos de pequeno porte, todos são bem vindos. Todo material descartado é recolhido e os equipamentos em condições de uso são encaminhados aos Centros de Recondicionamento de Computadores (CRCs), do projeto do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, para serem remanufaturados e doados para escolas públicas. O restante das peças é desmontado e reciclado por uma empresa ambiental certificada.

Agora é a sua vez

Chegou a hora de fazer sua parte. É muito importante lembrar que os lixos eletrônicos não podem ser jogados no lixo comum! Eles contêm vários componentes químicos e substâncias que são altamente poluentes. Já listamos vários lugares em que você pode fazer o descarte. Cuidar do nosso planeta é nossa responsabilidade.   

 

 

 

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário