Luciano Palumbo
Luciano Palumbo

Música Influencia Turismo no Sul dos Estados Unidos

27 de maio de 2019
Eu GostoLugares Pela América Central e Norte

Você já viajou para o sul dos Estados Unidos? Caso nunca tenha viajado, saiba que a música influencia muito o turismo por lá. Estados e cidades respiram musicalidade naquela região. Seja no Tennessee, Geórgia, Louisiana, Mississipi ou Alabama, o turismo sempre vai te levar para uma viagem pelas notas musicais. Que tom refere?

Tem muita gente famosa e artistas consagrados que saíram do sul dos Estados Unidos. Há pouco tempo viajei de moto pelo Alabama (você pode ler essa trip aqui) e percebi a influência da música no turismo local.

Na verdade, tive a oportunidade de conhecer o lendário Muscal Shoals Sound Studios. Ou seja, o principal e mais importante estúdio de gravações do estado sulista norte-americano do Alabama.

Combinando moto e musica no estado do Alabama

O Muscle Shoals Sound Studios é verdadeiramente o agente integrador entre a música e turismo por lá. O estúdio foi o mais procurado dos EUA entre 1969 e 1980 e agora ele faz parte do roteiro turístico da cidade de Sheffield.  Acredita? Pois é. Muitos artistas fizeram história por lá. Ou melhor, começaram grandes histórias nas instalações do Muscle Shoals.

O MUSCLE E SUA HISTÓRIA

Você acredita que, desde sua criação em 1969 até meados da década de 1980, o Muscle Shoals Sound Studios (MSSS), em Sheffield, era um dos estúdios de gravação mais procurado do país? Pois é! Grandes nomes da música certamente passaram por lá.

O prédio original fica no 3614 Jackson Highway, em Shieffild. Neste mesmo ano, a cantora Cher lançou um LP onde a capa retratava a fachada do estúdio e seus artistas. O nome do disco? 3614 Jackson Highway.

Foto

BANDA DE ESTUDIO ?

Desde então, os quatro músicos e fundadores do MSSS: Barry Beckett, teclados; Roger Hawkins, bateria; Jimmy Johnson, guitarra; David Hood, baixo, tornaram-se conhecidos como “The Muscle Shoals Sound Rhythm Section”.

Ou seja, viraram referência na gravação e composição de arranjos nos EUA. Além disso, eles foram os pioneiros como a primeira banda de apoio a ter seu próprio estúdio, uma empresa própria de publicação de direitos autorais e uma produtora musical. Ou seja, os caras eram mesmo feras. E não seria por menos. Se liga.

QUEM GRAVOU POR LÁ

A atuação deles no apoio e arranjos se tornaria um marco na história da música, tamanha a lista de hits de artistas como Wilson Pickett, Aretha Franklin, Staple Singers  e Etta James.

Além disso, gravaram no Muscle Shoals Sound Studios artistas como The Rolling Stones, Traffic, Elton John, Boz Scaggs, Willie Nelson, Paul Simon e Bob Dylan.

Por lá, o Stones gravou músicas como “Brown Sugar” e “Wild Horses”. Dizem até que Keith Richard escreveu a última no banheiro do estúdio. Você acredita? Bom, isso não sabemos.  Mas aqui está a nota fiscal paga por Mick Jagger. O estúdio ainda funciona, mas as gravações são limitadas e tem que passar por um processo de aprovação. O museu tem um tour guiado e é mantido e conservado pela “Muscle Shoals Music Foundation”.

Mais informações no https://muscleshoalssoundstudio.org/.

Nota fiscal para pelos Rolling Stones durante a gravação de Wild Horses
Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário