Suzane Hammer
Suzane Hammer

Trastevere: o bairro boêmio de Roma

26 de setembro de 2019
Eu CompartilhoLugares Pela Europa

Roma, a eterna cidade. Palco de muitas historias, lutas, romances e guerras. Patrimônio valioso da historia da humanidade. Registros de sua história são encontrados por toda a cidade em paredes, colunas, janelas, mosaicos, palácios, igrejas e museus. Muito ainda está escondido sob suas edificações.

Não resta dúvida que a cidade oferece uma infinidade de atrações turísticas, culturais e gastronômicas, o que faz desta cidade, um destino imperdível e inesquecível. Mas a melhor maneira de conhecer Roma, é sem duvida, explora-la em longas caminhadas.

E justamente em um desses momentos de caminhada, atravessando um antiga ponte sobre o Rio Tibre, descobrimos um cenário de um vilarejo medieval que enchem nossos olhos de encanto e curiosidade. Trastevere, um dos mais deliciosos e boêmios bairros de Roma.

Casas e pequenos prédios em tons de vermelho, laranja e amarelo, contrastam com o céu azul do verão europeu. Janelas, portas centenárias, varais com roupas estendidas nas janelas, floreiras que durante a primavera e verão explodem em cores e perfumes mas que no outono e inverno, adormecem nesse ir e vir de estações.

As pequenas ruas e vielas de Transtevere, são um convite a reflexão , um olhar calmo e atento a pequenos detalhes espalhados pelo bairro que enfeitam, fontes,  janelas e calçadas. Pequenas vielas de paralelepípedos, escondem tesouros que valem a pena serem descobertos.

Um misto de arte moderna e contemporânea e grafites, se mistura  ao passado e presente. Suas calmas ruas, as vezes ignoradas pela maioria dos turistas que preferem as atrações vizinhas mais famosas como o Coliseu, Vaticano e Fontana de Trevi , não sabem o que estão perdendo em visitar esse pequeno canto.

Seus pequenos restaurantes oferecem a típica gastronomia romana com suas mesas decoradas com toalhas vermelhas e brancas quadriculadas, garrafas de vinho penduradas nas paredes. Mas é a noite que o bairro fervilha, tanto de turistas como dos próprios romanos reservam um tempo para sentar nas mesas colocadas nas calçadas para apreciar a deliciosa comida italiana e romana acompanhada de um vinho italiano, claro e ver a cidade iluminada pelas velas colocadas nas mesas e luminárias nas estreitas ruas, dando um ar de passado ao bairro.

A religiosidade se faz muito presente nesse pedacinho de Roma. No coração de Trastevere , está edificada a Basilica de Santa Maria in Trastevere considerada o primeiro local de culto cristão em Roma e o primeiro  dedicado à Virgem. Localizada na praça homônima , tem como decoração, uma antiga fonte do século I a.C, considerada a mais antiga do Mundo.

A Igreja de Santa Maria de in Trastevere foi construída no século III e renovada no século XVII e em meados do século passado. A fachada ainda mantem características românicas e decorada com um mosaico esplendoroso. No interior da igreja, encontra-se o mosaico representando a Coroação de Maria realizada por Pietro Cavallini. Em 1285, foram acrescentados, sete cenas da vida de Maria.

A Basílica  de Santa Cecilia fundada no século IV , foi construída sobre a casa de Cecilia e seu esposo Valeriano onde moravam. Ambos foram mártires cristãos do século III.

No interior da basílica aos pés do altar ,uma escultura , perfeita obra-prima feita pelo escultor Stefano Maderno, retrata o corpo de Santa Cecilia na mesma posição como foi encontrada quando seu caixão foi aberto, totalmente integra.

Trastevere, é sem dúvida, um passeio imperdível para quem gosta de lugares bucólicos, boa gastronomia, fugir do burburinho dos locais concorridos pelos turistas, sentar na praça e tomar um delicioso gelato e apreciar o vai e vem de apreciadores de bairros pacatos de dia e agitados a noite.

Na próxima viagem a Roma, atravesse a ponte e deixe se levar pelo ar medieval desse bairro. Com certeza, deixara maravilhosas lembranças.


Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário