Viagem Kombinada
Viagem Kombinada

Vivendo estrada afora

16 de setembro de 2019
Eu Compartilho

Muitas pessoas nos perguntam: “Como é viver na estrada? Quais as dificuldades que vocês enfrentam? Não é perigoso?”

Para quem não sabe, nós caímos na estrada em maio de 2018 com o propósito de MUDAR o nosso ESTILO DE VIDA! E desde então, viajamos, trabalhamos e moramos em uma KOMBI amarela chamada BEATRIZ, VIVENDO PLENAMENTE uma VIDA SEM CEP e SEM MUROS!

Foto: Sílvio Silva

Viver na estrada tem sido uma experiência incrível! Porém já avisamos que NÃO É FÁCIL NÃO!

Viver na estrada implica primeiramente ter muito DESAPEGO:

  • DESAPEGO MATERIAL: Ter apenas o necessário, afinal, a nossa casa é muito pequena.
  • DESAPEGO DO CONFORTO DE UMA CASA CONVENCIONAL: Conseguimos construir uma casa completa dentro da Kombi Beatriz. Porém para usar os diferentes compartimentos da casa, nós temos que MONTAR E DESMONTAR TUDO TODOS OS DIAS! Enquanto a maioria das pessoas arrumam a cama quando acordam, nós desmontamos a cama para poder fazer o café da manhã, por exemplo.
  • DESAPEGO DE TER ENERGIA ELÉTRICA À DISPOSIÇÃO: Nós temos um painel solar e uma bateria que nos fornecem a energia elétrica. Porém dependendo da quantidade de equipamentos carregando ao mesmo tempo, e dependendo da quantidade de sol, a carga disponível nem sempre é suficiente para atender o carregamento em determinados dias. Isto às vezes LIMITA o desempenho do nosso trabalho, ou do uso de certos equipamentos. Mas também já aconteceu de acabar a luz na cidade, e a gente ter luz na Kombi! Hehehe!
Foto: Viagem Kombinada

Mas estes fatores de forma alguma nos incomodam! Há tempos percebemos que NÃO PRECISAMOS MUITO para sermos FELIZES! Ter menos coisas torna tudo mais PRÁTICO, e nos torna mais LEVES!

Foto: Viagem Kombinada

Ter que montar e desmontar tudo todos os dias, acaba se tornando uma ROTINA, só que gastamos um pouco mais de tempo que em uma rotina em uma casa convencional, onde está tudo no seu devido lugar. Mas com o passar do tempo, fomos ficando mais ágeis nisso, e hoje em dia fazemos tudo na maior naturalidade!

E quando queremos AGILIZAR mais as nossas atividades, geralmente conseguimos um local com tomada e banheiro, e almoçamos em restaurantes, o que facilita bastante a fluidez do nosso trabalho na estrada.

Foto: Viagem Kombinada

Mas por outro lado, O LADO BOM DE SE VIVER NA ESTRADA, faz qualquer DIFICULDADE ou LIMITAÇÃO valer a pena!

A VANTAGEM de não ter um endereço fixo residencial e empresarial, é que a “DECORAÇÃO” da nossa varanda e escritório mudam de tempos em tempos!

HOJE VIVEMOS EM UMA CASA BEM PEQUENA, MAS O NOSSO QUINTAL É O MUNDO!

Já acordamos com o sol nascendo e refletindo o seu brilho nas águas da Represa de Furnas. Já trabalhamos às margens do Rio São Francisco, escutando os passarinhos, e vendo o fluxo de barquinhos navegando pelo Velho Chico.

Foto: Viagem Kombinada

VIVER SEM MUROS NOS PERMITE VIVER AS MELHORES DAS EXPERIÊNCIAS! A nossa casa está sempre aberta para receber quem quer matar a curiosidade do que se trata essa Kombi amarela. E isso nos aproxima muito das pessoas e da comunidade por onde passamos.

Foto: Viagem Kombinada

Dependendo do tempo de permanência no local, os moradores já nos chamam de vizinhos, aparecem sempre para saber se precisamos de algo, e se estamos bem.

AO VIVER SEM MUROS, A AJUDA APARECE SEM MESMO A GENTE PEDIR! Já nos ofereceram a máquina para lavar as nossas roupas, já ganhamos banana, maracujá, rapadura, e almoço dos nossos vizinhos!

Outro dia, ao guardar o nosso box do chuveiro, o suporte do box quebrou. E no mesmo dia, e sem comentar o ocorrido com alguém, um senhor veio nos conhecer, e do nada ele nos deu a chave de um dos apartamentos que ele tinha acabado de construir, para que a gente pudesse tomar banho, e usar o apartamento à vontade enquanto estivéssemos na cidade.

COMO NÃO SER GRATOS POR TANTOS CUIDADOS, APENAS PELO FATO DE NÃO TER MUROS?

E todos estes cuidados da comunidade com a gente, acabam contribuindo em outro fator do nosso dia-a-dia que é a SEGURANÇA!

Muitos perguntam se não é perigoso dormir na rua, se a gente não tem medo. Mas ao chegar nas cidades, nós tomamos algumas precauções em relação a isto:

  • Primeiramente vamos a algum posto policial, para nos apresentarmos, e contarmos o que viemos fazer na cidade.
  • Sempre perguntamos para os moradores, qual região da cidade é segura.
  • Fazemos algumas avaliações para conferir se as indicações são realmente seguras: bairros com concertinas, cercas elétricas, e câmera de vigilância, são indicativos de que a área não é tranquila para parar.
  • Também não paramos perto de agências bancárias. Um amigo fez isto uma vez, e acordou em meio a explosões nos caixas eletrônicos, e tiros de metralhadoras. Foi uma experiência assustadora, e sabendo disso, o melhor é evitar, certo?

Já estamos há quase um ano e meio na estrada, e até agora não tivemos nenhum problema neste sentido. O fato é que passamos por muitas cidades mineiras, e a maioria são bem pequenas, tranquilas e acolhedoras.

Tomando as precauções necessárias, podemos escolher um lugar seguro, e ainda mais, tendo vizinhos que zelam por nós, podemos dormir tranquilos, e seguir sem nenhum problema!

Outro FATO INTERESSANTE de se viver na estrada é que, “CARREGAR” A SUA CASA PARA TODOS OS LUGARES É UMA COMODIDADE E TANTO!

Se o tempo muda, é só ir até o nosso guarda roupa para pegar um agasalho. Se o marido derruba uma garrafa de refrigerante em você em uma noite fria, como de fato aconteceu, é só fechar as cortinas da Kombi, se limpar, trocar de roupa, e voltar para o restaurante como se nada tivesse acontecido.

Outro dia mesmo, socorremos uma senhorinha que caiu na calçada, fazendo um curativo com o material farmacêutico que temos na Kombi Beatriz. Ela ficou tão grata que nos deu um abraço muito carinhoso!

E ASSIM SEGUIMOS COM A NOSSA VIDA SOBRE UMA CASA RODANTE! Nós temos que montar e desmontar a nossa casa todos os dias, mas podemos escolher onde parar, e PODEMOS ESCOLHER O VISUAL DA NOSSA VARANDA OU DO NOSSO ESCRITÓRIO.

Foto: Viagem Kombinada

Por não ter muros, temos mais proteção, e assim vamos COLECIONANDO MOMENTOS, HISTÓRIAS, e muitas AMIZADES pelo caminho.

E por ser uma casa bem pequena, temos apenas o essencial. E assim, VIVENDO COM MENOS itens materiais, VIVEMOS MAIS LEVES, e VIVEMOS MELHOR!

VIVER NA ESTRADA TEM SIDO UM GRANDE LABORATÓRIO. Vivenciamos, aprendemos, empreendemos, ajudamos, crescemos, e assim buscamos ser PESSOAS MELHORES, e MAIS PLENAS.

Foto: Viagem Kombinada

E a esta altura você está pensando, “vou comprar uma kombi e cair na estrada!” Calma, você não precisa morar em um Kombi para viver melhor! Nós encontramos a nossa qualidade de vida vivendo assim! Mas se você não tem um perfil que se encaixe neste estilo de vida, busque o que te faz feliz!

Só não se esqueça que a vida passa rápido! Por isso, priorize a sua saúde, estar com as pessoas que você gosta, e principalmente, faça o que você gosta! Ou seja, busque ter qualidade de vida, de modo que você consiga viver melhor, mais saudável, mais leve e seja feliz!

Foto: Sílvio Silva

E você? Tem alguma dúvida, ou algum comentário? Escreva abaixo e tentaremos responder assim que possível, “kombinado”? Até breve!

Leia Também
Comente com o Facebook
Deixe seu Comentário